top of page

blog

  • Foto do escritorJose Edmar Gomes

ARTE NA PRAÇA VI

Projeto recomeça em 16 de setembro com muito reggae e praça de cara nova

A festa vai voltar à Praça das Artes Teodoro Freire de Sobradinho, a partir do sábado, 16 de setembro, com o início da sexta edição do Projeto ARTE NA PRAÇA, que começa abrindo espaço para um gênero musical muito apreciado no mundo, o reggae.


Duas bandas da maior respeitabilidade no DF vão abrilhantar o espetáculo, a partir das 19h, quando os rapazes da Banda Reggae de Quintal vão subir ao palco para oferecer uma hora de música ao público. Após a apresentação da banda, a dançarina Karol Thayná e as deusas da dança do ventre asumem o palco, às 20h; o som contagiante da Tijolada Reggae vai ecoar na praça, a partir das 21h.


Os demais eventos da sexta edição do ARTE NA PRAÇA, no entanto, terá novo formato, que valorizará, ainda mais, as expressões artísticas. Serão três shows por noite, ao invés de apenas um como nas edições passadas.


Cada evento vai começar com um show de músicos, interpretes ou bandas locais em inicio de carreira, às 19h, seguido pela apresentação da dançarina Karol Thayná e suas dançarinas do ventre, que causaram grande impacto na edição anterior do projeto. Para encerrar a noite, sempre haverá um show mais extenso de grandes bandas, a partir das 21h.


Os eventos do ARTE NA PRAÇA seguirão, com este formato, nos sábados vindouros, até a virada de 2023 para 2024, quando atrações especiais estão programadas para o Natal e a virada do Ano Novo.


O ARTE NA PRAÇA é um vitorioso projeto artístico-cultural multidisciplinar, desenvolvido pela Associação Artise de Arte, Cultura e Acessibilidade, em Sobradinho, na praça central da Quadra 8, nas tardes/noites de sábado, através de fomento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do GDF e apoio da Administração Regional.

As cinco edições anuais que o projeto já realizou trouxeram ganhos sociais inquestionáveis para a comunidade, pois conseguiram a proeza de humanizar e valorizar a praça -- que, antes, estava entregue à sujeira, ao abandono e ao domínio de moradores de rua -- transformando-a em um local de lazer seguro e apreciado pela população.


Hoje, seu entorno é disputado pelo comércio, com empresas de renome ocupando lojas e grandes espaços de uma nova galeria, que mudou as características da região -- antes marginalizada e desvalorizada -- para um local de valor comercial e imobiliário, com características especiais, que o ARTE NA PRAÇA trouxe, através da arte e apresentações culturais.


O maestro Alex Paz, presidente da Artise, observa que a sexta edição do ARTE NA PRAÇA se dará num ambiente físico totalmente renovado, pois o entorno da praça está tomado por bares, restaurantes e lojas diversas, o que faz do lugar um novo point gourmet, de compras e de lazer.


“Além disso – explica o maestro -- a Artise capitalizou experiência na produção de grandes eventos, tornando-se a promotora mais respeitada do DF, depois de realizar a Festa da Goiaba, em Brazlândia; a Feira do Artesanato e das Flores, na Torre de TV; e o Cine Drive, em cidades do DF e Goiás.”


TIJOLADA REGGAE

Para estreia do projeto, no sábado 16 de setembro, além das atrações iniciais, já está confirmada a apresentação da banda Tijolada Reggae, formada em 1994, em Taguatinga, para reverenciar ícones internacionais do ritmo, como Jimmy Cliff, Bob Marley, Jacob Miller, Joe Higgs, Israel Vibration, The Gladiators, The Abssynians...


Mas a Tijolada criou linguagem própria ao misturar os temperos de Brasília ao som dos seus mestres e alcançou grandes, palcos Brasil a fora, acompanhando Junior Marvin (The Wailers), Edson Gomes e Tribo de Jah. A banda já lançou os CDs independente Tempo, Construção e um DVD, participou de coletâneas de Brasília e tem mostrado trabalhos novos nas plataformas.

No último dia 4 de agosto, lançou o single Regueiro rocker, que funde reggae com soul music e rock. O single é produzido por Kiko Peres da Natiruts e tem encontrado excelente recepção nas plataformas musicais, conforme vem ocorrendo com os lançamentos da banda, pela internet, desde 2020.


Rogério Fagundes, vocalista e guitarrista da Tijolada, disse ao Jornal de Brasília que a ideia da música é mostrar que o regueiro não é sério o tempo todo, “não fala somente de filosofia”.

“Temos muitas letras densas, que falam sobre problemáticas e injustiças sociais, mas também temos letras que falam de amor, natureza. Desta vez, optamos por uma coisa mais suave, puxando para o rock e para o lado boêmio”. Rogério conta que já apresentou a faixa em shows e que o público está se divertindo bastante.


TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

O maestro Alex Paz garante que a proposta da Artise ao desenvolver o Projeto ARTE NA PRAÇA é tornar a arte local acessível a um público que se reconheça nela e, consequentemente, possa engrandecê-la, defendê-la e multiplicá-la, de forma que a produção dos artistas locais contribua para a transformação social.


“Nossa entidade acredita que, a aproximação dos artistas e sua arte da população e, principalmente, da juventude, canaliza a poderosa energia dos jovens - que, muitas vezes, é gasta em pichações, drogas e outras futilidades – para atitudes positivas que levarão as escolas a serem de fato um ambiente construtor de uma nova realidade social”, esclarece.


Além dos benefícios lúdicos e didáticos, as edições anteriores do ARTE NA PRAÇA, segundo Alex Paz, trouxeram melhorias para o centro da cidade e tiveram o reconhecimento do comércio e moradores locais pela nova iluminação de leds e pintura da praça; reforma dos banheiros; além do aumento do movimento de pessoas, mostrando uma real integração da comunidade no local.


O presidente da Artise entende que esse tipo de ocupação de espaços públicos possibilita a difusão de ideias, movimenta a economia criativa e o cenário artístico-cultural, tornando-se um veículo de formação da identidade cultural da cidade.

留言


DESTAQUES

POST RECENTES

ARQUIVO

TAGS

SIGA-NOS

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • YouTube
bottom of page