Pressão da classe artística derruba Secretaria de Cultura

Pressão da classe artística derruba Secretário de Cultura

19 Dec 2019

Adão Cândido foi vaiado no 52º Festival de Brasilia de Cinema Brasileiro


Uma semana após o fim do 52º Festival de Brasília de Cinema Brasileiro, Adão Cândido, secretário de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, foi exonerado na quinta-feira (19). Desde que assumiu o cargo de secretário, Cândido, sofria críticas sobretudo da classe artística. No Festival, ele foi recebido com vaias e gritos de “fora, Adão!”.

 

Desde o início da gestão, havia queixas contra ele, sobretudo, da classe artística. O Conselho de Cultura do DF chegou, inclusive, a pedir a demissão do secretário. As críticas se intensificaram quando ele suspendeu dois editais do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), lançados em 2018, o FAC Áreas Culturais e o FAC Audiovisual. Quem assume, interinamente, é o secretário executivo Cristiano Vasconcelos da Silva.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Secretaria de Cultura lança edital de R$ 2 mi para ajudar artistas

April 7, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes