ARTE NA PRAÇA 2 - Segunda fase do Projeto vai sacudir Sobradinho de novo

ARTE NA PRAÇA 2 - Segunda fase do Projeto vai sacudir Sobradinho de novo

15 Nov 2018

Maior projeto artístico-musical de Sobradinho começa no final deste mês de novembro e prossegue até meados de 2019

 

A dupla sertaneja brasiliense que conquistou o Brasil, Pedro Paulo & Matheus; o vencedor do Prêmio Nacional de Música Regional, Alberto Salgado; o popular Luca Rodrigues e dezenas de outros cantores, artistas e músicos serão as atrações da segunda fase do ARTE NA PRAÇA.

 

O Projeto terá início no final deste mês de novembro e prosseguirá por todo o primeiro semestre de 2019, sempre aos sábados, na Praça das Artes Teodoro Freire, na Quadra 8 de Sobradinho.

 

Além de música de qualidade, a cargo dos artistas locais, o que valoriza a arte serrana, o projeto oferecerá também palestras e oficinas de arte, inteiramente gratuitas, aos finais de tarde, precedendo os shows noturnos.

 

A Praça das Artes será tomada também por barraquinhas de artesanato, comidas típicas, sucos e atrações para a criançada.

 

O Arte na Praça será desenvolvido pela Artise (Associação dos Artistas de Sobradinho e Entorno), a partir de verba já disponibilizada por emenda do deputado distrital Ricardo Vale, transformada em termo de fomento pela Secretaria de Estado de Cultura e apoiada pelo administrador regional Valter Soares Leite, já publicada no Diário Oficial do DF.

 

O deputado Ricardo Vale considera que a primeira fase do projeto alcançou suas finalidades artísticas e culturais, cumpriu as formalidades legais e foi uma política pública que deu certo.

 

“O Arte na Praça é um instrumento de integração comunitária e de fortalecimento da cultura regional. Eu me considero feliz ao cumprir o compromisso que fiz com os artistas de fortalecer a cultura de Sobradinho, além de beneficiar, comerciantes estudantes e a comunidade”, afirma Vale.

 

Segundo o distrital, a primeira fase do Projeto fez uma bela virada cultural em Sobradinho e sacudiu positivamente a Cidade. “Espero que esta segunda fase seja ainda melhor”, observa.

 

Luta - O maestro Alex Paz, presidente de honra da Artise, afirma que a sociedade local e seus artistas transformaram Sobradinho na Cidade-Arte do DF, mas estava difícil conseguir verba pública para as atividades culturais.

Paz ressalta que a população, só recentemente, voltou a ter acesso à produção artística e cultural em Sobradinho, após o deputado Ricardo Vale lutar pela verba para a realização do Projeto Arte na Praça.

Autoestima - O presidente da Artise, o cantor e compositor Angelo Macarius, por sua vez, acredita que, ao aproximar os artistas da comunidade, através da música e das oficinas de arte, há um resgate dos artistas, de suas obras e uma elevação da autoestima da cidade, “que vem passando por altos e baixos, devido à crise econômica, além das contradições da Lei  do Silêncio, que acaba prejudicando os músicos e as casas noturnas”.

 

Macarius observa que o Arte na Praça vai ao encontro dos adolescentes e estudantes, justamente para sensibilizá-los na sua fase de afirmação social e busca profissional.

Da mesma forma, a participação dos professores, dos artistas e da comunidade, segundo Macarius, vai ampliar a cidadania e fortalecer os alicerces da história e da cultura de Sobradinho.

 Alberto Salgado

Luca Rodriguis